PAT R, uma escritora com muito estilo

b_300_200_16777215_00_images_Ano_letivo_18-19_2P_livro_de_PAT_R_1.jpg

Foi no dia 10 de janeiro, pelas 10h30, na BE Júlio Dinis. A Patrícia chegou e encantou os presentes.
Os alunos do 9.ºD, 10.º e 12.ºTAI, 11.º RES e respetivos professores ouviram-na falar do seu romance “Os Homens Nunca Saberão Nada Disto” que é também um projeto artístico, uma vez que a ele está associado um livro de ilustrações e um CD para ouvir durante a leitura.

Pat R, nome artístico de Patrícia Ribeiro, nasceu a 1/09/93, é uma autora portuguesa, natural de Évora. Viveu na cidade até aos dezoito anos, tendo-se mudado depois para Lisboa, onde reside até ao momento. Tendo crescido num ambiente altamente influente a nível artístico, desde cedo desenvolveu um gosto particular pela música, cinema, fotografia e literatura. Começou a escrever muito cedo, tendo completado o primeiro trabalho mais extenso aos 12 anos. A partir de então, dedicou-se, incessantemente, à escrita de argumentos, romances, poesia e contos, durante os anos de ensino secundário e de faculdade.

Estudou Estudos Artísticos, Publicidade e Marketing e Cinema (na Escola Superior de Teatro e Cinema) e, em 2014, decidiu dedicar-se exclusivamente à escrita. 

Em 2014, publicou a sua primeira novela Inércia. Depois disto, dedicou-se a tempo inteiro à pesquisa e produção do projeto Os Homens Nunca Saberão Nada Disto, que viria a ser o seu primeiro romance. Em fevereiro de 2015, publicou O Pijama da Gata, a sua segunda novela, que já estaria escrita há alguns anos. 

Em Dezembro de 2015, publicou Os Homens Nunca Saberão Nada Disto, o primeiro resultado do investimento exclusivo na sua carreira literária. O romance tem sido apresentado pelo país, com uma receção excelente. As 68 sugestões musicais que inclui ajudam a recriar o mood da história e têm sido interpretadas como uma assinatura da autora, consideradas inovadoras no âmbito literário e um complemento interessante à leitura. 

Desde 2016, tem colaborado com diferentes ilustradores numa plataforma de contos lançada online no seu website e colaborado na escrita de guiões, workshops de escrita/ilustração, enquanto trabalha num novo projeto literário. 

De entre as variadas influências em todas as artes, destaca-se, a nível da literatura, o trabalho de Charles Bukowski, William S. Burroughs, Jack Kerouac, J.G. Ballard, Hemingway, Fitzgerald, William Blake, Émile Zola, Marguerite Duras, Hunter S. Thompson, Philip Roth, Kathy Acker, Irvine Welsh, Donna Tartt, Jonathan Franzen e Bret Easton Ellis, entre muitos outros. 

Aqui fica o registo fotográfico do encontro.

Share