Dia da Floresta Autóctone 2020

Visitas: 918

Na semana de 23 a 26 de novembro, comemorou-se o Dia da Floresta Autóctone, na EB Monsenhor Miguel de Oliveira. A data foi assinalada com diversas atividades dinamizadas pelo programa Eco-Escolas, com a colaboração da Biblioteca Escolar e do projeto interdisciplinar de 6.º ano. As atividades tiveram como principais objetivos consciencializar para a importância da proteção e preservação da floresta, levar os alunos a agir em defesa e promoção da floresta, sensibilizar para a sementeira e plantação de espécies autóctones, para que as gerações futuras possam continuar a usufruir dos benefícios que elas nos fornecem.

Na Biblioteca Mª da Conceição Andrade (BE MMO), foi proporcionado, aos alunos do 5.º ano, um momento de leitura do livro “A árvore generosa” do autor e ilustrador Shel Silverstein. Um livro que fala da relação entre o homem e a natureza, onde uma árvore oferece tudo a um menino que a deixa de lado ao crescer, ao mesmo tempo que se torna num homem egoísta. Mas, para agradar ao menino que ama, a generosidade desta árvore não tem fim – ainda que isto signifique a sua própria destruição. Em primeiro plano, uma lição de consciência ecológica: o homem pequeno, mesquinho, frente à generosidade e à força da natureza. Após a leitura da história, a coordenadora do Eco-Escolas fez uma breve apresentação subordinada ao tema “Floresta Nativa, um valor a preservar”, onde os alunos puderam perceber melhor a importância que a floresta autóctone tem para a conservação da Natureza.

No âmbito do projeto interdisciplinar, os alunos do 6.º ano fizeram sementeiras de espécies aromáticas, reaproveitando materiais que iriam para o lixo – garrafas de plástico, embalagens de leite, caixas de ovos ... Desta forma, incentivou-se igualmente os alunos para a prática da reutilização de produtos e materiais, visando a preservação do meio ambiente, consumo sustentável e redução dos custos.

Paralelamente, o 6.º A colaborou na exposição “Manifestação da Floresta” com a elaboração de cartazes, através dos quais se consciencializaram os alunos para a preservação da floresta autóctone portuguesa.

Veja aqui o vídeo.